Skip to main content

20 canções liberais/libertárias que você nem imaginava que fossem.

O título já diz tudo não é? Então, sem mais delongas, eis as 3o canções inspiradas no Liberalismo/Libertarianismo:

01 – Beatles – Taxman

“Se você dirige um carro, eu vou tributar a rua / Se você tentar se sentar, eu vou tributar o seu lugar / Se você ficar muito frio, eu vou tributar o calor / Se você tomar uma caminhada, eu vou tributar seus pés”

 

 02 – The Kinks – 20th Century Man

Crítica ao Welfare State. “Eu nasci em um estado de bem-estar, regido pela burocracia, controlado por funcionários públicos, e as pessoas vestidas de cinza, não tenho privacidade, não tenho liberdade, porque as pessoas do século XX levaram tudo para longe de mim”

 

03 – The Offspring – Why Don’t You Get a Job?

A música é uma forma de crítica à reforma da previdência feita pelo Democrata Bill Clinton. Também falam sobre a falta de vontade que as pessoas tem de procurarem um emprego, pois preferem mamar nos programas de assistência social do governo.

 

04 – Body Count – Freedom of Speech

O que a esquerda mais quer cortar. É sobre isso que o rapper Ice-T fala nessa música, uma pedrada na cabeça!

 

05 – Creed – One

Música da banda de rock alternativo/pós grunge, Creed, que crítica o “sistema de cota”. Na letra, pedem para não se julgar as pessoas por sua cor de pele, sexualidade ou gênero, e sim como indivíduo.

 

06 – Scorpions – Wind of Change

Canção sobre a queda do muro de Berlim, o fim do socialismo, o fim da guerra fria e a reunificação da Alemanha.

 

07 – Cheap Trick – Taxman (Mr. Thief)

Na música, a banda Cheap Trick, critica a quantidade de impostos que têm que ser pagos ao governo, demonstrando como a alta cobrança de impostos prejudica as classes mais pobres da sociedade.

 

08 – Marshall Tucker Band – Propriety Line

Canção que defende a Liberdade, Vida e Propriedade.

 

09 – Sammy Hagar – I Can’t Drive 55

Crítica ao estado-baba e aos limites de velocidade.

 

10 – The Rainmakers – Government Cheese

Um clássico do rock que critica o estado de bem estar social. “dê a um homem uma casa livre e ele vai justo para fora das janelas.”.

 

11 – Creedence Clearwater Revival – Who’ll Stop The Rain

Canção que fala sobre a Guerra no Vietnã e o quanto isso é ruim e também critica o ativismo liberal no Estados Unidos. Lembrando que Liberal lá significa ser de esquerda, só pra lembrar mesmo. “planos quinquenais e novos negócios, envoltos em correntes douradas

 

12 – The Rolling Stones – You can’t always get what you want

A música fala sobre a sociedade onde nem tudo é perfeito e nem todos os problemas podem ser resolvidos, mas que as pessoas boas existem e que “não existe almoço grátis”.

 

13 – Aerosmith – Janie’s Got a Gun

Canção que defende o porte de arma para o cidadão e principalmente para as mulheres.

 

14 – Joe Jackson – Obvious Song

Música em defesa do desenvolvimento econômico e contra o socialismo: “havia um homem na selva, tentando fazer face às despesas e encontrou-se um dia com um machado na mão, Quando uma voz disse: Amigo, você pode poupar aquela árvore, pois nós temos que salvar o mundo – começando com a sua terra, era um cantor milionário dos EUA e fez o sinal de três para o galão em um grande carro branco e ele cantou ‘til e poluiu o ar e soprou um monte de fumaça de um charuto cubano.”.

 

15 – Oingo Boingo – Capitalism

“Não há nada de errado com o capitalismo, Não há nada de errado com a livre iniciativa. . . . Você é apenas uma riquinha, pirralha socialista, de uma família suburbana e você nunca realmente teve que trabalhar.”.

 

16 – Led Zeppelin – The Battle of Evermore

“a cara do inimigo é vermelha.”. Precisa escrever algo mais?

 

17 – The Clash – Rock The Casbah

O punk rock provocativo dos ingleses do The Clash critica os países islâmicos e faz graça de seus ritos, tudo em razão da proibição do rock no Irã feita pelo Aiatolá Khomeini, depois da Revolução Islâmica de 1978. A música é tão provocativa ao islamismo que, depois do 11 de setembro, o Departamento de Estado dos Estados Unidos sugeriu que as rádios evitassem tocar a música. Por outro lado, o sistema de radiodifusão do exército britânico (a estação de rádio para as tropas britânicas que serviram no Iraque) disse que a música era uma das mais pedidas pelos militares britânicos. Eu não sabia sobre isso, foi novidade pra mim. Vi lá no Instituto Liberal sobre isso. Esse texto foi kibado descaradamente de lá hahaha.

 

18 – Living Colour – Cult of Personality

Na música, a banda cita ditadores como Benito Mussollini, Adolf Hitler, Josef Stalin e John Fritzgerald Kennedy, fazendo uma crítica ao culto a personalidade. Esquerdistas amam cultuar bandidos, ditadores e populistas. Uma vergonha!

 

19 – The Eagles – Get Over It

Canção que critica o Vitimismo e o quanto isso incomoda as pessoas.

 

20 – Rush – The Trees 

Crítica a propaganda da igualdade feita por esquerdistas.  “As árvores são mantidas todas iguais, por machado e serra”.

BÔNUS x3

Neil Peart, baterista da banda Rush, descobriu os livros da novelista e o objetivismo de Ayn Rand. Suas anotações tornaram-se uma significante influência filosófica em Neil e para a banda também, à medida que ele achou muitas anotações sobre a inspiração individualista e sobre o objetivismo. Referências à filosofia de Rand pode ser encontrada nas suas letras, principalmente em “Anthem” e “2112”.

Essa é longa, então preparem-se:

Pra finalizar deixo aqui um funk libertário. É gente, It’s happening haha.


Rodolfo Gatti

Músico, produtor independente e organizador pela Unplugged Label, escritor, criador da personagem "Capitalista Morena", Coordenador do Grupo de Estudos Dragão Verde, estudante de ciências econômicas, Coordenador Local dos Estudantes pela Liberdade e amante de filmes, séries e animes. Escreve para o blog John Galt Online quinzenalmente.

5 comentários em “20 canções liberais/libertárias que você nem imaginava que fossem.

  1. Excelente coletânea, mas os links estão com problema. O URL pra onde o link direciona não contém os dois pontos após o https, ficando “https//” em vez de “https://”

  2. Free Will (Embora seja meio óbvia), do Rush.
    Precisa dizer alguma coisa?
    I’ll choose free will…

    Tem a I want out, e a Eagle fly free, ambas do Helloween ( composições do Kai Hansen), tb.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: