Skip to main content

Temer e os ministros suspeitos

Tenho visto gente de esquerda “denunciando” que os “golpistas”(sic) que diziam que Lula não poderia ser ministro e ganhar foro privilegiado por ser “investigado”, mas que agora calam diante dos sete ministros “investigados” de Temer, que supostamente ganharam foro privilegiado.

Vamos aos fatos:

Lula tinha ordem de prisão pedida à justiça. Sua nomeação, como demonstram as gravações, era claramente dar foro privilegiado para impedir que ele fosse PRESO (e não investigado).

Dos ministros de Temer aos quais eles se referem, SEIS já tinham foro privilegiado por ter mandato. No mais, é diferente ser CITADO (que não é o mesmo que investigado) e ser réu com ordem de prisão solicitada.

Mas o maior problema desta linha de pensamento é que ela opera com base em uma premissa incorreta: eles não entendem que combater a corrupção NÃO É colocar políticos “honestos” (se é que tal coisa existe).

Dar poder quase ilimitado a gente ainda não corrupta só vai aumentar o número total de corruptos. Lord Acton dizia: “se é verdade que o poder corrompe, o poder absoluto corrompe absolutamente”. Pessoalmente, acredito que ele estava errado ao achar que não existem pessoas íntegras, mas é um inegável que o que atrai os psicopatas para a política é justamente o fato de poderem controlar a vida de todos.

É extremamente improvável que as pessoas que se interessam por deter controle sobre todos os aspectos da vida dos indivíduos (como os políticos brasileiros têm) não tenham algum tipo de degeneração moral. Sendo assim, a única forma de combater a corrupção é DIMINUIR O PODER dos políticos.

E Temer PARECE acenar neste sentido ao defender federalismo, privatizações e redução do estado a segurança, justiça, educação e saúde.

Logicamente que não é o ideal. O estado precisa ser menor do que isto, mas confesso que já é um avanço. O simples fato de distribuir e reduzir o poder do estado já será importantíssimo para reduzir a corrupção.

Como dizia P.J. O’Rourke:

image


Leonardo Thomé Pires

Diretor de Tecnologia e Operações da EasyHard.io. Ex-Coordenador Local dos Estudantes pela Liberdade no RS. Liberal, colorado e polemista. Nerd e gamer nas horas vagas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: